segunda-feira, 31 de março de 2008

Não fiques sentada nessa noite escura, por favor. Fazer rascunhos das datas em que tudo vai acabar não é nada, porque tudo vai acabar. O amor, se por acaso não acabou ainda, vai acabar. As pessoas que te fizeram mal vão acabar, as boas também. As palavras que ainda tens vão acabar. Tudo vai acabar. Por favor, parte dessa noite escura. Ainda que tudo acabe, acredita que eu estou cá para sempre. Porque eu sou nada, sou o lado de dentro de qualquer coisa triste por desvendar dentro de ti. E por isto vou ficar para sempre. Vais conseguir, um dia, acreditar no para sempre? Que posso fazer por essa ferida que toma conta de ti como se fosse para sempre?

Sem comentários: